A Fotografia

Sou natural de São João da Madeira e comecei a dar os primeiros passos na Fotografia em Agosto de 2003, quando resolvi adquirir uma máquina fotográfica para registar os típicos momentos de família e pouco mais.

Grande parte da minha evolução e interesse pela Fotografia despontou verdadeiramente a partir do momento em que comecei a participar em sites de fotografia e do conhecimento trocado com pessoas do meio.

De experiência em experiência passei por diversas fases. Num primeiro momento interessei-me por ambientes mais naturais, mas desde cedo que as pessoas se revelaram um tema mais desafiante e motivador. Comecei por registar momentos da vida quotidiana das pessoas, mas com o passar do tempo, o lado “estranho” da realidade ganhou maior relevo, levando-me então a tentar captar situações menos comuns.

Num segundo momento, talvez influenciado pelos seis anos em que fiz teatro, a busca de novas formas de representar a realidade levou-me a criar encenações. Nesta fase, o tratamento gráfico acaba por ganhar um papel de destaque, tentando conferir um certo cunho estético na estilização das formas e das ambiências, tendo o conceptualismo e a pintura revelado ser uma fonte de inspiração para alguns trabalhos.

A Fotografia surge agora como um imenso suporte para exteriorizar parte do meu mundo interior, o “Meu Mundo de Ninguém”.